Dica de Literatura – Padre Antônio Vieira

Ler Pe. Vieira é saborear a mais escorreita arte literária na língua portuguesa. Sua forma de redação é com um esmero tal que excelentes aulas podem ser extraídas da obra.

“De chegardes a ser Bispo, pode ser que não dependa a salvação de outras Almas; e de não chegardes a o ser, pode ser que dependa a salvação da vossa.” (Sermão da Primeira Dominga do Advento)

“Vemos os caminhos, e não vemos os caminhos: vemos onde vão parar, e não vemos onde.” (Sermão da Quinta Quarta-Ferira da Quaresma)

Notações como estas apenas para exemplificar a necessidade de um conhecimento pleno de como articular as palavras e expressões.

Ademais a obra de Vieira ultrapassa o tempo…

“No Maranhão, ninguém diz a verdade, tudo é intriga. Esta é fruto do ócio que, à falta de ação, imagina, e ao enunciar como existente o que é apenas imaginação, mente. (…) O M de Maranhão: murmurar, motejar, maldizer, malsinar, mexericar, e, sobretudo M Mentir.” Sermão da Quinta Dominga da Quaresma)

A obra merece leitura na totalidade, mas ouso recomendar alguns sermões para os menos acostumados a grandes jornadas literárias:

  • SEXAGÉSIMA: semem este verbum dei. O mais importante sermão para os que pretendem fazer udo da palavra e de se expressarem nalgum ambão perante o público. Livro de cabeceira dos grandes Oradores.
  • QUINTA QUARTA-FEIRA DA QUARESMA: vidit hominem caecum. Cegueira do homem, ver divertido, ver passional e não ver a sequeira.
  • SÁBADO QUARTO DA QUARESMA: hoc autem dicebant tentantes eum, ut possente accusare eum. O homem é pior tentador que o próprio demônio. Cada qual é seu próprio demônio.
  • BOM LADRÃO: domine, nemento mei, cum veneris im Regnum tuum: hodie mecum eris im Paradiso. Atualíssimo discurso que trata das fraudes e dilapidação dos cofres públicos. Aplica-se às operações da Polícia Federal, atualmente engendradas.
  • QUINTA DOMINGA DA QUARESMA: si dixero quia non scio eum, ero similis vobis mendax. Discurso politico atacando governantes que mentem para manterem-se no governo.
  • DEMÔNIO MUDO: erat Jesus ejicien daemonium, e illud erat mutum. ver e ser visto: fantasia do homem. Tipos de tentações sofridas pelo homem. Bons males e males piores.

Os Sermões de Vieira indicam formas de comportamento que ultrapassam as orientações religiosas e indicam ao homem um caminho racional de agir muito próximo ao agir kantiano, ou seja, agir numa forma universalizada. Nalgumas vezes, Vieira abandona o discurso religioso e coloca o homem diante da lei do homem. Noutros momentos o confronta com sua existência pura e simplesmente. Ainda, desafiando a própria doutrina cristã, remete o homem para um agir comungado com quem está próximo à forma exposta por Habermas na Teoria do Agir Comunicativo.

É uma excelente base para estudos em aprofundamentos de Trabalhos de Conclusão de Curso e até mesmo em nível de pós-graduação lato ou stricto sensu.

1249357625_3padre_antonio_vieira_1

Boa leitura e tenham todos uma boa semana.

CPI dos Maus-Tratos a Animais retira proibição de rodeios e conclui trabalhos na Câmara

interessante debate!

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Maus-Tratos a Animais concluiu nesta terça-feira (2) a análise do relatório final elaborado pelo deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP) com a aprovação de três destaques ao texto. O mais importante deles retirou do relatório trechos que criticavam e pediam a proibição dos rodeios, vaquejadas e clubes do laço no País

Continue lendo via CPI dos Maus-Tratos a Animais retira proibição de rodeios e conclui trabalhos na Câmara.

Nem todas as empresas podem recorrer à recuperação judicial – Notícias – UOL Opinião

Interessante análise!

O maior problema, contudo, reside nos requisitos substanciais da recuperação judicial e que podem ser traduzidos em um só termo: viabilidade econômica. A definição da viabilidade econômica de uma empresa em crise passa por tantos fatores que fazem do processo de recuperação judicial um dos mais delicados exercícios de cooperação humana em busca da comunhão de interesses. Devedor e credores são colocados em difícil situação de confronto e, mesmo assim, são obrigados a colocar suas diferenças de lado em busca de uma solução de mercado para a crise.

Continue lendo via Nem todas as empresas podem recorrer à recuperação judicial – Notícias – UOL Opinião.

Construindo mapas conceituais

Para meus alunos acompanharem as aulas:

um link para baixar o construtor de mapas conceituais clique aqui

Tutorial para o mapa conceitual clique aqui

VEJAM O TUTORIAL E DEPOIS BAIXEM O CMap tools! É UMA IMPORTANTE FERRAMENTA PARA SEUS ESTUDOS!

Quem tiver, pode levar na sala de aula que colaborarei na construção de um mapa conceitual de uma aula!

ConJur – Em Tocantins, advogado peticiona em verso e juiz decide em poesia

Valorização da língua portuguesa! são fatos assim que me faz acreditar na possibilidade do resgate da essência literária!

Senhor Juiz

O autor sobre o evento sete (07) vem falar

Que lesado foi ao acidentar

Por isso, procurou onde a demanda ajuizar

Preferiu o domicílio do réu sem vacilar

Sendo competência territorial pôde optar

Seja, onde há sucursal ou onde morar

Isso é jurisprudencial não precisa reafirmar

Ademais, o réu sabe que deve pagar,

Aqui ou em outro lugar

Porém, para modificar, não basta alegar

Prejuízo tem que demonstrar

Sobre esse intento não conseguiu provar.

Portanto, o autor para finalizar

Pede para o doutor, a presente rejeitar

Essa é a contestação,

Parece de canastrão

Mas, sem atrevimento.

Pede, suplica o deferimento

Carlos Nascimento

Leia a decisão do magistrado TAMBÉM EM POESIA:  ConJur – Em Tocantins, advogado peticiona em verso e juiz decide em poesia.

Ministro Marco Aurélio: “Eu não queria estar na pele da presidente Dilma” – Politica – Estado de Minas

Que conselhos que o senhor daria para esses jovens que querem seguir a profissão?

Primeiro, que o aperfeiçoamento é infindável, o saber será sempre uma obra inacabada. Pobre de espírito é aquele que acha que não precisa mais de aporte no campo do conhecimento.

Segundo, ler o que puderem ler e cuidar da formação humanística, porque o direito é feito para os homens e não os homens para o direito. E eu digo que, para quem julga, mais importante do que a formação técnica, que se imagina que tenha, é a formação humanística. Como você aprimora? Na convivência, no relacionamento, lendo romance. Por que romance? Porque há conflitos, você adota posição, aguça a sensibilidade.

Continue lendo via Ministro Marco Aurélio: “Eu não queria estar na pele da presidente Dilma” – Politica – Estado de Minas.

Animais como sujeito de direito

Material de Trabalho utilizado por mim e Lucas Moura em apresentação conjunta no 5-A.

Revista Brasileira de Direito Animal

Animais não humanos os novos sujeitos de Direito

Revista Consultor Jurídico

Artigo em duas partes parte um ///// segunda parte

Macacos e habeas corpus

Vejam este material para avaliação no 5-A e debates das demais turmas.

 

 

 

ConJur – Advogado substabelecido não pode cobrar honorários de sucumbência

boa “pegadinha” para um prova!!!

RELAÇÃO PESSOAL

Advogado prestador de serviço não pode cobrar honorários de sucumbência

O advogado que atua no processo de conhecimento como substabelecido, com reserva de poderes, não tem legitimidade para postular honorários de sucumbência sem a intervenção do patrono da ação, ainda que tenha firmado contrato de prestação de serviços com o vencedor da ação na fase de cumprimento da sentença. A decisão é da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça.

Continue lendo via ConJur – Advogado substabelecido não pode cobrar honorários de sucumbência.

ConJur – MP pode investigar crimes por conta própria, decide Supremo

muitos tcc’s trabalharam esta tese!

O Ministério Público tem a competência para promover investigações penais por conta própria, desde que respeitados os direitos garantidos pela Constituição, o devido processo legal e a razoável duração do processo. O entendimento do Plenário do Supremo Tribunal Federal firmado nesta quinta-feira (14/5) vale especialmente para casos que envolvem ofensa ao patrimônio público ou suposto envolvimento de autoridades policiais em abuso de poder ou outras transgressões criminosas.

Continue lendo via ConJur – MP pode investigar crimes por conta própria, decide Supremo.

PUCRS – Enade – Respeito pelo seu diploma

Realizar o ENADE é importante, pois, além de propiciar prestígio acadêmico, pode ser decisivo na disputa por uma vaga no mercado de trabalho, permite comparar o desempenho individual com o de milhares de colegas, bem como o do curso realizado com os outros da área no Estado, na Região e no País. Também poderá ser um diferencial importante para o ingresso em um curso de pós-graduação. Além disso, é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação, sendo condição prévia a conclusão de curso de graduação, expedição e respectivo registro do diploma.

continue lendo via PUCRS – Enade – Respeito pelo seu diploma.