Ainda sobre eleições municipais

Ainda sobre eleições em Pará de Minas

Semana passada publiquei aqui minhas impressões sobre cada um dos candidatos eleitos. Recebi elogios e críticas. Fico grato pela atenção dos leitores aos meus escritos. É apenas minha contribuição cidadã para o debate político na cidade.

Hoje refleti a partir de entrevistas que vi na nossa imprensa local com alguns dos eleitos e reeleitos. Foi unanimidade o reconhecimento que a “mudança” é a palavra chave. O eleitor que ver alterações – para melhor – no exercício da política. Penso que se acaso fosse uma eleição para presidente e governadores junto de deputados teríamos um panorama muito semelhante de reformas e demonstração de revolta com a atual situação política. Se acaso em 2018 estiver “esfriado” as ações da Operação Lava Jato, pode ser que o  eleitor esqueça (somos de memória fraca) e daremos continuidade a vários indesejáveis nomes da política nacional. Mas o vereador eleito agora deverá estar trabalhando duro por Pará de Minas para que não sofram os sustos que tiveram nesta gestão reformada.

Para que não digam que não sou apenas um crítico, mas quero contribuir com a política, sugiro alguns temas de trabalho para nossos vereadores. São temas que entendo necessários serem estudados para uma melhor Pará de Minas:

Criação de barragens de contenção de águas visando abastecimento na cidade quando em épocas de seca;

Regulamentação de plano diretor da cidade;

Alteração de vias residenciais para comerciais e/ou mistas (residencial e comercial);

Entrega de praças públicas aos cuidados da iniciativa privada (pessoas físicas ou jurídicas);

Desoneração / desburocratização para utilização de espaços públicos por particulares;

Determinar que os proprietários de imóveis promovam, por sua conta, as medidas necessárias em suas calçadas para facilitar a acessibilidade das pessoas deficientes e idosos sob pena de altas multas;

Legislar impiedosamente contra as pessoas que não possuem coletores de lixo (coletivo ou individual) para evitar a sujeira nas ruas;

Recolher moribundos em casas de abrigo e providenciar seu remanejamento às cidades de origem;

Instalar definitivamente o estacionamento rotativo na região central da cidade;

Punir a pesadas multas os proprietários de imóveis que deixem seus lotes sujos, com mato, ou abertos (sem muros);

Somente autorizar o poder público contratar com instituições bancárias (pagamento de funcionários, por exemplo) que possuam agências nos centros comerciais dos bairros e nos distritos;

Determinar a pavimentação por paralelepípedos das ruas com mais de 3 (três) e menos de 10 (dez) casas, com pavimentação asfáltica as ruas com mais de 10 casas habitadas. Todas as ruas com comércio regularizado junto ao município deverão ter pavimentação asfáltica;

Contratar com a Ordem dos Advogados do Brasil local a realização de palestras (uma a cada mês) nos bairros da cidade promovendo a cidadania e divulgação de direitos dos cidadãos;

A exemplo da sugestão acima contratar com outras entidades tais como Conselhos Regionais de Medicina, Odontologia, Engenharia, Contabilidade e outros para difundir gratuitamente o conhecimento entre os cidadãos;

Parcerias público privadas para conservação de fachadas de prédios públicos históricos.

Estas são apenas uma das poucas atitudes que podem, e devem, ser concretizadas em Pará de Minas. Para tais implementações (e outras que o leitor poderá sugerir) o vereador deverá ter algumas qualidades: a) visão de futuro para a cidade de Pará de Minas; b) capacidade intelectual para redigir e sustentar cada um destes projetos de lei; c) independência moral e política para apresentar os projetos; d) pensamento global não somente vinculado a uma base que o elegeu; e acima de tudo, d) desprender-se da atitude de que “eleito não se faz mais nada” e TRABALHAR eficazmente pela cidade.

Estas sugestões acima são apenas um pontapé inicial para várias outras que podem ser concretizadas por VERDADEIROS VEREADORES, que querem o melhor para a nossa cidade.

Senhores eleitos e reeleitos: MÃOS À OBRA!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *